sábado, 10 de dezembro de 2011

ADAPTAÇÃO DAS AVES: O BICO

  Quando um animal possui características para sobreviver num certo local, dizemos que ele esta adaptado ao ambiente.
  Observando a forma do corpo e o comportamento de um animal, por exemplo, podemos entender como ele consegue sobreviver no ambiente em que ele vive.
  As aves dependem do bico para a maior parte das atividades diárias. O bico serve para alimentação, limpeza, construção de ninhos e para afastar inimigos. Os bicos variam muito, de espécie para espécie, no formato e no tamanho.
  Para algumas aves, além do bico, os pés tem uma grande importância na alimentação. A arara-vermelha, por exemplo, precisa do auxílio dos pés para segurar o alimento.
 
CURIOSIDADES

 Os  flamingos alimentam-se de algas, insetos e pequenos crustáceos, como caranguejos e camarões, por um processo de filtragem. A ave enfia sua cabeça, virada para baixo, na água, enche o bico de água e com a língua, empurra essa água para fora, retendo apenas os alimentos.

 O bico do pelicano possui uma bolsa bastante elástica. Ao pescar, apanha uma grande quantidade de água, que é eliminada antes de levantar voo. É capaz de devorar até 5 quilogramas de peixe por dia.

 O bico do pica-pau é duro e tem a função de escavar, quebrar, martelar e furar. Para abrir o fruto, muito duro, ele faz uma cavidade num tronco de árvore e coloca-o dentro para quebrar com o bico. Usa a língua pegajosa e comprida para apanhar insetos, como as formigas.
Pica-pau

Pelicano
Flamingo

Um comentário:

  1. Esta matéria foi copiada da apostila do Sistema Anglo, do 3 ano. O autor deste site, deveria, PELO MENOS, ter citado a fonte. Plágio é crime!

    ResponderExcluir