domingo, 11 de dezembro de 2011

OS PROBLEMAS DO CAMPO

  As áreas rurais são muito importantes para um país, pois seus produtos abastecem as populações do campo e das cidades. Nessas áreas, porém, existem muitos problemas causados pelo mau uso da terra.
  Vários motivos levam as pessoas a destruir a vegetação por meio de queimadas, corte de árvores com serras elétricas e outros métodos.
  A queimada é uma forma de ''limpar'' um tereno para fazer a agricultura ou as pastagens. O problema é que, com as queimadas, muitas espécies de insetos e aves desaparecem. Os poucos animais que sobrevivem, sem a vegetação natural, também correm risco de morrer, porque não terão como conseguir abrigo e alimentos.

  O corte das árvores para a comercialização da madeira é um outro motivo da destruição das áreas naturais. Essa madeira é usada para a produção, entre outras coisas, de móveis, portas e janelas para serem vendidos no Brasil ou no exterior.
  Árvores também são derrubadas para se fazer o carvão vegetal, que é usado em pequenas indústrias, principalmente em Minas Gerais e no Maranhão. Esse carvão é igual aquele usado nas churrasqueiras.
  Um dos grandes problemas, causados pelas queimadas e pela derrubada de árvores, é a erosão, ou seja, o desgaste do solo pela ação da água e dos ventos.
  A erosão ocorre quando a vegetação é retirada e o solo fica exposto as chuvas, ao sol e ao vento. Ao chover, a enxurrada leva a terra para dentro de rios e represas. Com a terra, são levados os nutrientes que a planta necessita para crescer saudável, tornando o solo pobre, ou seja, improdutivo.

A POLUIÇÃO QUÍMICA

  A poluição química é também um dos graves problemas que atingem o campo.
  Os agricultores usam produtos como fertilizantes e agrotóxicos na lavoura e no pasto.
  Esses produtos, se foram utilizados em quantidade errada, podem causar sérios problemas, pois contaminam as pessoas que trabalham no campo, o solo, as águas e os alimentos.
  Os produtos que foram pulverizados nas plantas ou no solo são levados pelas enxurradas para dentro dos rios, córregos e lagos, matando peixes e contaminando a água que será usada pela população, pelo gado e por outros animais.

OS PROBLEMAS SOCIAIS DO CAMPO

  No Brasil, alguns proprietários de terra possuem fazendas muito grandes, onde cultivam vários produtos. Essas são terras bem produtivas, que geram empregos e dinheiro para o país.
  Mas há grandes proprietários rurais que nada produzem e também não permitem que alguns trabalhadores cultivem a terra.
  Muitos desses trabalhadores sem terra buscam áreas para plantar ou um trabalho em fazendas. Quase sempre não obtém sucesso. Mesmo quando conseguem trabalho, muitas vezes passam por situações bem difíceis.
      

2 comentários: